Foto: Reprodução

Um juiz federal de Seattle bloqueou temporariamente o decreto do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que proíbe a entrada de imigrantes de sete países de maioria muçulmana em seu país.

O juiz distrital James Robart emitiu, nesta sexta-feira, uma ordem de restrição que vale para todo o país, a pedido dos Estados de Washington e Minnesota.

Trump assinou a ordem executiva na semana passada e provocou uma onda de protestos em todo o país, além de confusão em aeroportos onde viajantes foram detidos.

Advogados do governo americano disseram que os Estados não têm direito de desafiar o decreto e afirmaram que o Congresso deu autoridade para que o presidente tomasse decisões sobre a segurança nacional e a admissão de imigrantes.

O procurador-geral de Washington, Bob Ferguson se opôs à ordem, dizendo que estava causando prejuízo significativo para os moradores. Fonte: Associated Press.