Da Redação

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, fez uma nomeação que vem chamando a atenção nas redes sociais nesta semana. Oswaldo Fernando Dietrich, conhecido como Porkys, será superintendente do Instituto Municipal de Cultura. O cargo é o segundo mais importante do órgão.

Nomeação de Dietrich gerou polêmica (Foto: Site Oficial do Coritiba)

A polêmica acontece porque Dietrich, em 2009, esteve envolvido no quebra-quebra no Couto Pereira, quando o Coritiba acabou rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, após o empate por 1 a 1 contra o Fluminense.

Na época, Dietrich era funcionário do departamento de marketing do Coritiba e acabou sendo preso com outras 14 pessoas, após aparecer em atos de agressão física no dia do rebaixamento. O ex-integrante da Império Alviverde ficou preso por alguns dias e acabou liberado por meio de uma liminar no Tribunal de Justiça do Paraná.

Outro lado

Sobre a nomeação de Dietrich, a Prefeitura de Curitiba enviou nota informando:

A nomeação de Oswaldo Fernando Dietrich para o cargo de superintendente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba foi baseada em princípios técnicos. Tecnólogo em Produção Cultural e Eventos, Dietrich trabalha há mais de 10 anos nesta área, cuja experiência vai somar ao Instituto Municipal de Turismo, que está reforçando as ações para o fomento do turismo de eventos. Antes de ser nomeado, Dietrich apresentou todas as certidões negativas exigidas pela Lei da Ficha Limpa“, diz a prefeitura.