Da Agência Brasil

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse na tarde de hoje (14) que a expectativa é que o corpo do ex-candidato à Presidência da República e ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, que está sendo identificado pelo Instituto Médico-Legal (IML) de São Paulo, seja liberado, juntamente com os demais corpos, no sábado. “Ainda não tem prazo. Os trabalhos estão sendo feitos o mais rápido possível, mas podem levar ainda dois dias. Amanhã ou sábado”, disse o governador.

camposliberado

Foto: EBC

Segundo Alckmin, os sete corpos serão liberados conjuntamente, atendendo a um pedido feito pela viúva de Eduardo Campos. “Estamos fazendo grande esforço para que, o mais rapidamente possível, tenhamos a identificação das sete vítimas. Dona Renata, viúva de Eduardo Campos, nos pediu que todos fossem feitos juntos. Foi feita a coleta [dos corpos] em Santos e isso está praticamente encerrado. Do perfil genético, para fazer o exame de DNA, faltava apenas de um dos pilotos, e já foi um avião para Governador Valadares [MG] com um perito para fazer a coleta com um parente de primeiro grau para poder fazer o reconhecimento de DNA”, disse o governador.

Antes da entrevista coletiva, Alckmin esteve reunido em um almoço com o governador de Pernambuco, João Lyra Neto; a primeira-dama de Pernambuco, Leila Queiroz; a primeira-dama de São Paulo, Lu Alckmin; o presidente paulista do PSB, deputado Márcio França; além de secretários de estado e deputados, no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista.

O governador de Pernambuco disse que o traslado do corpo de Eduardo Campos, de São Paulo para Recife, será feito, provavelmente, em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB). “A presidenta Dilma Rousseff conversou comigo por telefone, colocando à disposição todos os serviços que possam ser feitos pelo governo federal, inclusive o avião da FAB”, disse o governador de Pernambuco.

Além de Eduardo Campos, serão levados juntamente para Pernambuco os corpos do cinegrafista Marcelo de Lyra, do fotógrafo Alexandre Gomes e Silva e do assessor Carlos Augusto Percol Filho. Para Aracaju será levado o corpo de Pedro Valladares. Dos dois pilotos, um será levado para Minas Gerais e outro para o Paraná. O governador Alckmin disse que os trabalhos serão concluídos amanhã à tarde ou durante o sábado. Se isso for possível tecnicamente, devemos fazer o sepultamento 24 horas depois que ele chegar ao Recife. O sepultamento já está definido pela família. O velório será no Palácio do Campo das Princesas e o sepultamento de Eduardo Campos será no Cemitério Santo Amaro, junto com o avô Miguel Arraes e o pai Maximiano Campos.

Simultaneamente à entrevista, um grupo de estudantes da Universidade de São Paulo (USP) protestava, em frente do Palácio dos Bandeirantes, contra a reintegração de posse do Centro de Práticas Esportivas da USP, o Cepeusp. Segundo a Polícia Militar (PM), o protesto teve início por volta das 13h20, quando os estudantes deixaram o campus da USP, no Butantã, e seguiram em caminhada até o palácio do governo. O protesto ocorria de forma pacífica e reunia cerca de 1,5 mil pessoas, segundo a PM.