da coluna Painel, da Folha

Quem dá mais? O Planalto age para deter a aproximação do PMDB com tucanos em praças nas quais ministros de Dilma Rousseff devem disputar a eleição em 2014. No Paraná, de Gleisi Hoffmann (Casa Civil), o governo ofereceu cargo em Itaipu a Orlando Pessuti, que negocia ingresso na gestão de Beto Richa. Peemedebistas de Minas, em namoro com Antonio Anastasia, devem ser acomodados na Caixa Econômica Federal, mantendo a sigla na órbita de Fernando Pimentel (Desenvolvimento).