A reforma no secretariado por parte do governador Beto Richa (PSDB) está sendo ameaçada pela intervenção da ministra Gleisi Hoffmann (PT). Segundo as informações que surgiram no meio político nesta terça-feira (22), o ex-governador Orlando Pessuti (PMDB), que deverá ser nomeado para a Sanepar (Companhia do Saneamento do Paraná), teria tido uma conversa frente a frente com a ministra.

A nomeação de Pessuti é considerada fundamental, pois ele foi um dos responsáveis pela derrota do senador Roberto Requião na convenção pmdebista no último dezembro. Para evitar a ida do ex-governador para o secretariado de Richa, Gleisi teria oferecido cargos a ele.