Da CMC

A Câmara Municipal de Curitiba promoverá o seminário “Projeto Curitiba: um novo financiamento para o transporte público”. No evento, agendado para sexta-feira (23), o prefeito Gustavo Fruet apresentará este novo modelo.

O projeto, encaminhado pela Prefeitura de Curitiba ao Governo Federal no início de julho, reúne propostas para a redução da tarifa do transporte coletivo, e para a retomada da qualidade do serviço – o objetivo é resgatar o número de usuários, que tem diminuído ao longo dos últimos anos na cidade.

Uma das ideias é a universalização do vale-transporte (VT). A proposta é que os empresários e órgãos públicos repassem o valor correspondente ao VT diretamente ao sistema, sem impacto na folha de pagamento do funcionário e com a prerrogativa de abater o aumento de custo do Imposto de Renda. A legislação atual, que autoriza o empregador a descontar até 6% do salário básico para bancar o vale-transporte, precisaria ser alterada pelo Congresso Nacional. Estudantes também teriam isenção, conforme a renda.