Por Josianne Ritz, do Política em Debate

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) fez nesta manhã discurso de abertura dos trabalhos na Câmara Municipal e balanço dos 30 dias de administração. Segundo ele, não são poucos os rombos. Fruet citou que o déficit do Instituto Curitiba de Saúde é, até o momento, de quase R$ 12 milhões. Valor referente a seis meses de repasses não realizados. Também disse que a Secretaria de Educação tem dívida de R$ 87 milhões e que o débito da Saúde é de mais de R$ 97 milhões.

Disse ainda que a reforma do Mercado Municipal apresenta várias falhas estruturais, como azulejos mal assentados e calçadas sem acessibilidade. Fruet aproveitou também para pedir apoio na aprovação de abertura de crédito suplementar de R$ 63,7 mi para quitar parte das despesas não empenhadas.