Redação

O mau momento da presidente Dilma Rousseff (PT) frente aos protestos dos últimos dias foi refletido em pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas divulgada nesta terça-feira (2). Encomendada pelo jornal Gazeta do Povo, a sondagem realizada em todo o país aponta que se a eleição fosse hoje, Dilma disputaria o segundo turno com Marina Silva (Rede), tanto em um cenário com Aécio Neves, quanto em um cenário com José Serra, ambos do PSDB.

A presidente está à frente nos dois cenários que hoje são mais prováveis, com porcentuais de intenção de voto de 32,2% quando o terceiro candidato é Serra e 34,5% quando com Aécio. Marina aparece em segundo em ambos os cenários, variando entre 22,5% e 23,4%. No primeiro cenário, Serra aparece com 21,7% das intenções de voto e está empatado tecnicamente com Marina. Já Aécio aparece com 15,4%, em terceiro no cenário.

O Paraná Pesquisas ouviu 2.550 eleitores em 177 municípios do país entre os dias 24 e 30 de junho. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.