Redação

debate band1

Debate reuniu oito candidatos ao governo do PR – Foto: Divulgação Band

O primeiro debate entre os candidatos ao Governo do Paraná reuniu foi marcado por trocas de acusações e poucas propostas. Participaram do debate da TV Band, com transmissão simultânea pela Rádio Banda B, os oito candidatos ao cargo e, em muitos momentos, o alvo acabou sendo o candidato à reeleição Beto Richa (PSDB). Mas sobraram farpas para quase todos. Enquanto Richa era acusado por Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT) de promover um governo incompetente, sem gestão, o tucano devolvia as acusações jogando a responsabilidade dos problemas ao bloqueio de empréstimos feito pelo governo federal.

O primeiro bloco terminou com cinco pedidos de respostas, sendo dois de Beto Richa, do PSDB, dois de Roberto Requião, do PMDB, e um de Gleisi Hoffmann, do PT. Dos cinco pedidos, um de Beto Richa foi aceito, e todos os outros negados. O candidato Ogier Buchi, do PRP, reclamou de tantas acusações entre os candidatos.

E um dos momentos tensos do embate, Gleisi questionou o candidato Tulio Bandeira (PTC) sobre 30 processos que responde na Polícia e dizendo que ele já foi preso. Bandeira reconheceu que já foi preso e devolveu o ataque dizendo que a petista é que anda com estupradores, se referindo a prisão de seus assessor, Eduardo Gaievski.

Sobrou pouco tempo para propostas. De forma rápida, foram citadas questões sobre o pedágio, a situação financeira do Paraná e os bloqueios dos empréstimos ao estado pelo governo federal.

Ao ser questionado por Requião sobre sua competência, Richa devolveu: ”Toma jeito, Requião! De cabelos brancos e ainda mentindo. Pagamos dívidas de outros governos. O Paraná é dois que mais reduziram. Recebemos dívida do governo dele. Requião tenta dissimular e confundir a opinião pública”, disse.

O embate entre Gleisi e Richa foi sobre os empréstimos não concedidos. Gleisi afirmou que o dinheiro não saiu porque o governo não cumpriu os investimentos básicos em saúde. “Quem está com a ficha suja não pode emprestar dinheiro. E com os governos funciona do mesmo jeito”, afirmou a petista.

A aposentadoria recebida pelo Roberto Requião também foi questionada por Gleisi. O ex-governador se defendeu e diz que se negou a receber o benefício por 16 anos e só o fez agora pela grande quantidade de ações contra ele na Justiça.

No último bloco, cada candidato apresentou suas propostas em dois minutos.