Redação

28.06.13 JORGE BERNARDI

Foto: Divulgação CMC

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que irá investigar o transporte público de Curitiba terá o vereador Jorge Bernardi (PDT) como presidente. Instalada oficialmente na sessão da manhã desta sexta-feira (28), a CPI da Urbs terá o vereador Bruno Pessuti (PSC) como relator e outros 11 membros. A partir da data de hoje, a CPI terá 90 dias para apresentar resultados, podendo ampliar o prazo para mais 90 dias.

A reunião inaugural do processo de investigação contou com 12 dos 13 membros da CPI e Bernardi recebeu 11 votos favoráveis à sua indicação como presidente.

Os 13 vereadores que irão compor a CPI foram indicados pelas lideranças partidárias, respeitando a proporção das bancadas e dos blocos. Além de Bernardi e Pessuti, compõem a CPI os vereadores Mauro Ignácio (PSB), Cristiano Santos (PV), Paulo Rink (PPS), Serginho do Posto (PSDB), Professora Josete (PT), Noêmia Rocha (PMDB), Chicarelli (PSDC), Toninho da Farmácia (PP), Geovane Fernandes (PTB – DEM), Chico do Uberaba (PMN – PSD), e Valdemir Soares (PRB – PSL)

A primeira reunião da CPI foi marcada para o dia 1º de julho, às 14h, no plenário da Câmara. Os encontros serão abertos à população.