Os sete integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia Móvel da Assembleia Legislativa do Paraná se reuniram nesta quarta-feira (17) e elegeram o Deputado Paranhos (PSC) como presidente da comissão e o Deputado Nereu Moura (PMDB) como relator. A CPI vai investigar a qualidade dosserviços prestados pelas operadoras de telefonia móvel no Paraná.

“Vamos cobrar para que as operadoras cumpram o que devem cumprir e entreguem um serviço de qualidade. Não é possível conviver com a péssima qualidade da telefonia móvel no país. Já estão falando em 4G e nem o 3G funciona direito. Vamos buscar argumentos que comprovem essa falta de qualidade para que a legislação e o Código de Defesa do Consumidor sejam cumpridos”, afirmou o presidente da CPI, deputado Paranhos.

A CPI da Telefonia foi instalada na Alep em novembro, mas só agora vai começar a funcionar de fato. O alerta para o fim do prazo dos inícios dos trabalhos, que terminaria nesta quarta-feira, foi feito na semana passada pelo Deputado Luiz Carlos Martins (PSD). “Oalerta foi feito e agora a CPI vai caminhar. Nosso objetivo é dar uma resposta para a população que nao aguenta mais o descaso das operadoras”, disse Martins, um dos integrantes da CPI.

Convocação

De acordo com o presidente, a CPI vai rodar o estado. “Nossa CPI será aberta a todos. Vamos rodar o estado, ouvir os Procons, usuários e todos os órgão de defesa do consumidor com o apoio do Ministério Público. As operadoras terão que dar conta do péssimo serviço que vem prestando”, completou Paranhos.

O próximo passo será elaborar um plano de trabalho para o início das convocações. Integram a CPI da Telefonia Móvel os deputados Luiz Carlos Martins (PSD), deputado Gilberto Martin (PMDB), Professor Lemos (PT), Roberto Accioli (PV), Bernardo Carli (PSDB), além do presidente, Deputado Paranhos e do relator, deputado Nereu Moura.