Redação

Os principais políticos do estado do Paraná votaram durante a manhã deste domingo (26) de eleição. O prefeito de Curitiba Gustavo Fruet (PDT) votou na Sociedade Internacional Água Verde e alertou ao poder do diálogo. “Reconciliação é a palavra a partir do resultado dessa eleição. Temos de manter um profundo otimismo e confiança, mas tempos difíceis virão seja na política, seja na economia. Essa eleição dividiu o país e o poder de diálogo vai ser o principal”, disse à imprensa.

A senadora e candidata que ficou em 3º lugar ao governo do Paraná, Gleisi Hoffmann (PT), também votou pela manhã, no bairro Água Verde, em Curitiba. Ela não estava acompanhada de assessores, nem da imprensa.

Já o senador e candidato ao governo do Paraná que ficou em 2º lugar, Roberto Requião (PMDB) votou ao lado da família e acredita na vitória da presidenciável Dilma Rousseff (PT). “Estou otimista, o Brasil vai ganhar essa eleição e a vitória da nossa presidenta vai acontecer. Jamais tivemos uma agressão dessa maneira aqui no país”, disse em frente ao Colégio Estadual Júlia Wanderley, no bairro Batel.

O deputado estadual mais votado do Paraná nestas eleições, Ratinho Júnior (PSC) votou em Curitiba também pela manhã com apoio ao candidato Aécio Neves (PSDB).

No fim da manhã, ao lado da primeira-dama Fernanda Richa, Beto Richa (PSDB), foi ao colégio eleitoral, em Curitiba, usando uma camiseta ‘Muda Brasil’. “Temos de ter esperança para que todos voltem a ter os melhores serviços públicos que o país pode oferecer. O exemplo deve vir do Governo Federal e esperamos que o melhor aconteça. Estou otimista”, disse, declarando apoio ao candidato Aécio Neves.