de Ivan Santos, do Bem Paraná

clayton camargo saida

Clayton Camargo – Foto: Valquir Aureliano

O desembargador Clayton Camargo formalizou ontem seu pedido de renúncia do cargo de presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ/PR). A decisão foi confirmada em nota oficial divulgada no site do TJ no início da noite. Segundo a nota, Camargo alegou “motivos de saúde” no comunicado encaminhado à presidente em exercício do tribunal, desembargadora Dulce Maria Cecconi.

Durante à tarde, a Corregedoria Geral do TJ chegou a informar que o desembargador havia reassumido a presidência do tribunal, depois que o Conselho Nacional de Justiça suspendeu seu pedido de aposentadoria, a pedido do Ministério Público Federal. Aos 67 anos, Camargo apresentou o pedido de aposentadoria ao Órgão Especial do TJ na segunda-feira. Ele havia reassumido o posto na última sexta-feira, depois de ter se afastado da presidência do tribunal para tratamento médico. No último dia 12, o desembargador foi submetido a uma angioplastia de desobstrução de artérias, com implante de três stents, depois de sofrer um infarto.

Para ler a reportagem, clique aqui