A Câmara Municipal de Curitiba aprovou, em primeira discussão realizada na manhã desta segunda-feira (13), a proposta do executivo que solicita a abertura de crédito adicional especial de R$ 114 milhões para a Prefeitura de Curitiba. De acordo com o prefeito Gustavo Fruet, a verba será utilizada para o pagamento de dívidas deixadas pela gestão anterior. Trinta e cinco vereadores votaram a favor e dois contra o projeto. A segunda votação deve ocorrer nesta terça-feira (14).

A maior parte das dívidas que devem ser atendidas pelo crédito são referentes à contratação de serviços de saúde e de obras, como a implantação de trecho da Linha Verde e a reforma do Mercado Municipal de Curitiba. Os recursos serão alocados do próprio caixa da prefeitura, provenientes de anulações parciais de dotações orçamentárias, superávit financeiro e excesso de arrecadação real e por tendência.