A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) negou na tarde desta quinta-feira (18) que o avião utilizado pela Casa seja a aeronave que serviu ao governo do estado por quatro décadas, como informou o colunista Celso Nascimento, da Gazeta do Povo. Segundo a assessoria da Alep, o contrato em vigência de fornecimento do serviços de transporte aéreo para a Casa estabelece o teto máximo de até 300 horas voo ao longo do período de um ano ao preço de R$ 7,5 mil a hora voo utilizada.

A Alep afirma que só há pagamento quando ele é utilizado. “Em 2012, a Assembleia utilizou 53 horas de voo ao custo de R$ 6.975,00 a hora. A aeronave disponibilizada pela empresa Helisul Táxi Aéreo é um modelo Super King Air 200 homologado para táxi aéreo e adquirido nos Estados Unidos – prefixo PRKEB. A aeronave que pertencia ao governo, adquirida em leilão pela Helisul é o modelo Super King Air 90, prefixo PPEVE e, segundo a empresa, foi adquirido para uso particular – não para táxi aéreo – e ainda continua em reforma. Não está em uso”, garante a nota.