Redação

Um projeto de lei na Câmara Municipal de Curitiba quer obrigar a colocação de alertas nas escadas rolantes de shoppings, hipermercados, lojas e estabelecimentos em que esses equipamentos sejam usados no deslocamento dos clientes. O autor do projeto é o vereador Valdemir Soares (PRB).  “A ideia do projeto é evitar acidentes como, por exemplo, o que ocorreu na Região Metropolitana de Porto Alegre, quando, em janeiro de 2009, um menino prendeu a mão direita na escada rolante e teve que passar por diversas cirurgias, além de ficar com o movimento dos dedos prejudicados”, explica o vereador.

Segundo o projeto, os alertas serão dispostos em placas com 1,5 m de altura e 0,75 cm de largura no formato de “totens” ao lado das escadas rolantes. O não cumprimento das previsões, indica o projeto, acarretaria multa no valor de R$ 5 mil e suspensão do alvará, em caso de reincidência.

“O acidente mais recente aconteceu com a menina Luíza Igarçaba Marques, de 9 anos, que faleceu no dia 8 de junho próximo passado. A menor prendeu a mão na escada rolante e acabou caindo do 2° para o 1° piso de um shopping center. Acidentes como esse poderiam ser evitados se, ao lado das escadas rolantes, houvesse uma placa informando sobre os riscos de sua utilização e qual a melhor maneira de evitá-los”, argumenta Valdemir.