Suspeito de esfaquear ex-jogador Warley em João Pessoa foi detido pela Polícia Civil e negou o crime (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

 

Uma travesti suspeita de agredir a facadas o ex-jogador Warley Santos foi detida pela Polícia Civil nesta segunda-feira (30), em João Pessoa. O vídeo de uma câmera de segurança mostra o momento em que o ex-jogador da Seleção Brasileira caminha pelo bairro de Manaíra, é seguido e depois a pessoa suspeita aparece correndo (veja o vídeo abaixo). O delegado Diego Garcia confirmou que foi detida uma travesti, levada para prestar depoimento na Central de Polícia.

Ex-jogador recebeu alta da UTI, mas segue internado (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Conforme a Polícia Civil, Victor Coelho, 26 anos, foi encontrado em Cabedelo, na Grande João Pessoa, após o celular de Warley ter sido subtraído e localizado com parentes da suspeita. Victor afirmou à TV Cabo Branco que trabalha à noite como travesti e garoto de programa.

Victor disse que tinha combinado um “serviço” com Warley por R$ 80. Ele confirmou que houve uma briga com Warley, mas nega ter desferido as facadas e nega que houve um assalto.

Revelado pelo Coritiba, Warley Santos, ex-jogador da seleção brasileira, Atlético-PRSão Paulo, Palmeiras e Grêmio, segue internado no hospital particular Nossa Senhora das Neves (HNSN) e recebeu alta médica da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no domingo (28). O ex-atleta reagiu bem após nova cirurgia nos pulmões, na tarde do sábado (27).

Carreira

Warley Silva dos Santos, de 39 anos, encerrou sua carreira no ano de 2017 pelo Botafogo-PB, onde foi campeão brasileiro da Série D em 2013. Além do clube de João Pessoa, o ex-jogador tem passagens por outros grandes times do futebol brasileiro, entre eles Atlético-PR, São Paulo, Grêmio e Palmeiras. O ex-atacante atuou na seleção brasileira entre os anos de 1997 e 2001.

Para ler a matéria completa no G1 clique aqui.