Ex-jogador não esconde mágoa de Eurico Miranda (Foto: Divulgação/Vasco)

 

Destaque do Vasco na Copa do Brasil de 2006, Valdiram atualmente vive uma situação dramática. Segundo informações do jornal “O Globo” desta quinta-feira, o ex-jogador atualmente amarga a rotina de ser morador de rua em Bonsucesso.

– Já fiz a alegria de uma torcida. Tive o nome cantado no Maracanã. Hoje estou aqui, na marquise. Estou pagando caro demais.

Há cerca de dois meses vivendo no bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro, o ex-atacante de 35 anos segue desempregado e conta com a ajuda de quem se dispõe a lhe dar dinheiro.

Valdiram tem sua carreira marcada por problemas extracampo. Após, entre 2006 e 2011, perambular por 18 clubes, viu sua trajetória interrompida pela compulsão por sexo. Ele chegou a fazer parte da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, mas continuou a ter recaídas.

Seu clube mais recente foi o Atlântico-BA, em 2017, da onde saiu para tentar encontrar sua irmã em São Paulo. Depois de não ser recebido por ela, buscou uma chance no Bonsucesso, mas o clube recusou ajuda. Há rumores de que ele teria furtado colegas e funcionários em sua passagem.

Presidente do Vasco, Alexandre Campello lamentou a situação em que Valdiram encontra e prometeu que tentará achar uma forma de ajudá-lo. O ex-jogador viveu em um apartamento usado por outras pessoas sem casa, mas saiu pelo local não ter luz e ser frequentado por ladrões.

Para ler a matéria completa no MSN clique aqui.