Operações de delegacia da capital recuperam cargas roubadas e prendem homicida e receptador

Redação

 

Três grandes operações as Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) resultaram na apreensão de um homicida e na recuperação de duas cargas roubadas na Grande Curitiba entre a tarde de segunda-feira (1) e a manhã de terça (2). Segundo o delegado Vinícius Borges Martins, a primeira ação aconteceu em conjunto com a Polícia Militar, em um pátio de caminhões no Uberaba, em Curitiba

Chefiada pelo delegado Alcimar de Almeida Garrett, a equipe recuperou dois semi-reboques que estavam estacionados. O primeiro, carregado com uma carga de polietilino, havia sido roubado em 26 de junho, em Araucária. Durante o roubo, o motorista foi feito refém, mas libertado ileso. O segundo, carregado com uma carga de fertilizantes, foi furtado em 25 de junho, em Campo Largo.

Na tarde da última segunda-feira (1.º), ambos os semi-reboques foram localizados, e a carga de fertilizantes foi recuperada. “A recuperação das carretas no mesmo local indicam a ação de uma mesma quadrilha nos dois crimes. As equipes de investigação da DEDC estão realizando diligências com o fim de identificar os autores”, disse Martins.

Homicida preso

A segunda operação foi realizada na manhã de ontem. Investigadores da conseguiram evitar um roubo contra uma van carregada de cigarros, nas proximidades da Vila das Torres, em Curitiba. Durante a operação, os investigadores visualizaram uma Kombi, em atitude suspeita, seguindo uma van da Souza Cruz. Foi realizada a abordagem à Kombi e se descobriu que ela foi furtada em junho, estava com placas clonadas e que o motorista portava documentos falsos. “Após investigações, descobrimos que o motorista era Adão Moraes, 37 anos, que tinha dois mandados de prisão em aberto, um por homicídio e outro por roubo”, contou o delegado.

Moraes foi autuado em flagrante por receptação, adulteração de sinal identificador de veículo e uso de documentos falsos. Além disso, foram cumpridos os mandados de prisão.

Martins explicou que as tentativas de roubo a cargas de cigarros são constantes, visto a facilidade de comercialização do produto. Todavia, a DEDC tem realizado operações e investigações que têm culminado em diversas prisões em flagrante, recuperações de veículos roubados e identificação de criminosos. “Inclusive, já são várias representações por prisões preventivas dos envolvidos, aguardando o pronunciamento do Poder Judiciário”, disse.

Moraes está preso na DEDC, à disposição da Justiça.

Revestimentos cerâmicos

Já na tarde de ontem, os investigadores DEDC prenderam em flagrante um empresário de Campina Grande do Sul, de 36 anos, suspeito de receptação de uma carga de revestimentos cerâmicos.

A prisão do empresário foi derivada de uma investigação que se iniciou quando um motorista registrou um Boletim de Ocorrência do furto desta carga. Após investigações, houve suspeita de que o motorista teria mentido e que, na realidade, teria ele mesmo desviado a carga.

Contudo, quando surgiram as suspeitas, o motorista já havia se deslocado para Coronel Vivida.

Graças à agilidade do delegado Rômulo Contin Ventrella, titular da Delegacia de Coronel Vivida, foi possível localizar o motorista, que em interrogatório, acabou confessando o desvio da carga e indicou o receptador em Campina Grande do Sul.

Com o empresário, que foi preso, foi encontrada a carga praticamente intacta. “Ele afirmou ter pago aproximadamente 70% do valor de mercado e iria utilizá-la em uma construção que realizava naquele município”, disse Martins.

O delegado enfatiza que o sucesso da investigação se deu graças ao trabalho conjunto com a Delegacia de Coronel Vivida, que agiu com grande presteza, possibilitando o esclarecimento do crime e a recuperação da carga.

O motorista que efetuou o desvio foi indiciado por furto e irá responder o inquérito em liberdade. O receptador, por sua vez, foi autuado em flagrante por receptação, mas foi arbitrada fiança, possibilitando que o mesmo não permanecesse preso.

Todas as cargas serão devolvidas aos seus proprietários.

.

Compartilhe:

Notícias relacionadas

.

Os comentários estão fechados.

Publicidade: