Grupo RIC amplia atuação e meta é alcançar 1º lugar da audiência na TV no Paraná

Redação

 

petrelli ric

Luiz Carlos Martins entrevista Leonardo Petrelli – Foto: Marco Piza/Banda B

O presidente do Grupo RIC Paraná, Leonardo Petrelli, participou ao vivo nesta sexta-feira (6) do Programa Luiz Carlos Martins, na Banda B. O empresário falou sobre a atuação do grupo de comunicação no Paraná e os planos de ampliação. Segundo Petrelli, a meta é consolidar o 2º lugar da audiência de televisão no estado e disputar cada vez mais o 1º lugar.

“Nosso desafio é não só consolidar o 2º lugar no Paraná, como também se aproximar cada vez mais da liderança da televisão, que já estamos disputando palmo a palmo com o sucesso de nossos programas regionais como o Balanço Geral, Paraná no Ar, RIC Notícias e Cidade Alerta”, afirmou Petrelli em entrevista ao radialista Luiz Carlos Martins.

Segundo o empresário, a vocação regional da comunicação é o caminho escolhido pela RIC. “Temos tido a adesão do telespectador em função do caminho que escolhemos lá atrás de optar pelas notícias regionais, aquelas que interferem no dia a dia das pessoas. Nosso programas são voltados para o interesse da comunidade e esta é a principal explicação para o nosso sucesso”, completou.

Ampliação

O Grupo RIC transmite a programação da Rede Record no Paraná e em Santa Catarina. No estado, tem emissoras em Curitiba, Londrina, Maringá e no oeste em Cascavel e Toledo. O grupo tem ainda cinco rádios da Rede Jovem Pan, além de uma editora, que publica a Revista View, voltada para o público A e B. Em Santa Catarina são sete emissoras, sendo uma delas da Record News, além de dois jornais diários e uma rádio. Ao todo, o grupo gera 1.450 empregos diretos nos dois estados.

“O desafio neste momento é nos tornarmos uma plataforma de comunicação não só de TV ou rádio, mas de todas as mídias. Precisamos atingir o cidadão em todos os meios de comunicação, seja TV, rádio, jornais, revistas e internet”, afirmou Petrelli.

Segundo o presidente do Grupo RIC, o processo de digitalização do sinal de TV já está consolidado em Curitiba e será implantado em Londrina dentro de três meses. “Até junho de 2014 teremos todo o sinal de TV no Paraná digitalizado”.

Petrelli disse ainda que o grupo trabalha para ser um contraponto de informação no Paraná e em Santa Catarina. “O grupo RIC prima pelo combate ao monopólio da informação, até porque isso é muito ruim para a população. Quando é apresentada apenas uma opinião a democracia perde, por isso lutamos para mostrar a notícia com todos os lados que ela exige”, completou.

Homenagem

Leonardo Petrelli também veio à Banda B para agradecer ao deputado Luiz Carlos Martins a homenagem que será feita ao seu pai, Mário José Gonzaga Petrelli, na próxima terça-feira, às 19 horas, na Assembleia Legislativa do Paraná.  Martins apresentou, ainda no mandato anterior, um pedido de título de cidadão honorário a Mario Petrelli. Agora, a homenagem será feita.

“Meu pai agradece muito a homenagem e fica honrado. Ele explicou que só aceitou receber o título agora porque entende que este é o momento. Estamos vivendo um momento de transição e meu pai começa a se desligar das coisas do dia a dia do grupo. Ele está muito feliz com sua iniciativa”, disse Petrelli a Luiz Carlos Martins.

“Nos meus seis mandatos como deputado estadual, esta é a primeira vez que proponho a concessão de um título de cidadão honorário. E a escolha de Mário Petrelli se deve ao trabalho desenvolvido por ele no Paraná, que muito honra a todos nós”, disse Martins.

Grupo RIC

O Grupo RIC teve início na década de 1980, por Mário José Gonzaga Petrelli, e foi expandido e consolidado com o trabalho de seus filhos Leonardo e Marcello, gestores das empresas no Paraná e em Santa Catarina, respectivamente. Considerado hoje um dos maiores grupos regionais de comunicação do Brasil, é afiliado à Rede Record e atua em uma área de 16,8 milhões de habitantes, com uma plataforma multimídia integrada por TVs, rádios, internet, jornais e revista. É composto por cerca de 1.450 funcionários distribuídos em 18 municípios catarinenses e paranaenses.

Compartilhe:

Notícias relacionadas

Os comentários estão fechados.

Publicidade: