Papa Francisco – Foto: Vaticano

O papa Francisco pediu desculpas nesta segunda-feira às vítimas de abusos sexuais no Chile. Ele reconheceu que “machucou” as vítimas quando pediu “provas” das violações.  O pontífice fez a declaração a bordo do avião que o levava de volta a Roma, depois de uma viagem por Chile e Peru.

A afirmação ocorre depois de Francisco defender o polêmico bispo chileno Juan Barros, que é acusado de encobrir casos de abusos sexuais praticados por padres em crianças e adolescentes do país.

“Me desculpo se os machuquei sem querer. Foi uma ferida que causei sem intenção”, disse o pontífice, segundo a agência Reuters. “Isso me dói muito”, acrescentou.

Leia a reportagem completa aqui