(Foto: Facebook)

 

A ideia de crianças de apenas oitos anos pilotando carros de corrida parece bizarra, mas há uma versão legalmente aceitável na Austrália. Os carros de drag racing, que atingem velocidades altíssimas apenas em linha reta, tem uma versão júnior ‘lenta’, que atinge quase 100 km/h. Anita Board, oito anos, acabou morrendo após bater em um muro de concreto próximo à saída da pista em um autódromo na cidade de Perth.

Segundo o The Washington Post, as crianças passam por vários testes para tirarem a licença júnior da Associação Australiana de Drag Racing. Em um deles, com os olhos vendados, têm de escapar de um suposto incêndio no carro. Começam com velocidades bem baixas e vão aumentando aos poucos.

Anita estava fazendo a primeira de suas duas corridas de 200 metros para tirar a licença. Porém, perdeu o controle do carro e não conseguiu sair corretamente da pista, batendo assim no muro. A polícia está investigando e o drag racing foi suspenso pelo governo do Austrália Ocidental, nome do estado onde aconteceu o acidente.

Para ler a matéria completa no Yahoo clique aqui.