Reprodução CNN

 

A polícia italiana informou que o ataque com arma de fogo ocorrido em uma pequena cidade da região central do país deixou seis feridos, um deles correndo perigo de vida.

O motivo do ataque, que alvejou somente pessoas de nacionalidade estrangeira e negros, ainda não é conhecido, mas um homem já foi preso. É possível, no entanto, que o ataque seja uma represália à morte de uma italiana esta semana, cujo corpo foi encontrado na mesma cidade, desmembrado e escondido em duas malas. Um imigrante nigeriano foi detido por suposto envolvimento no crime

Segundo a polícia, o homem detido no episódio de hoje tem 28 anos e não tem histórico criminal. Paralelamente, um vídeo publicado pelo jornal Resto di Carlino mostrou um homem com a bandeira italiana pendurada nas costas sendo preso pela polícia local a poucos metros de onde teria deixado o carro usado no ataque.

O prefeito da cidade, Romano Carancini, admitiu que “a proximidade entre os dois eventos nos faz imaginar que eles possam ter uma conexão”.

O ataque acontece após a descoberta do corpo de Pamela Matropietro, uma italiana de 18 anos, e em meio a uma campanha eleitoral agitada em que o sentimento xenófobo tem sido um dos elementos-chave. Líder do partido Liga do Norte, de orientação anti-estrangeira, Matteo Salvini aproveitou o episódio para prometer a deportação de 150 mil imigrantes em seu primeiro ano de governo caso seja eleito.

Os italianos vão às urnas no dia 4 de março. Fonte: Associated Press.