Reprodução

Com um amigo assim, quem precisa de inimigos? O norte-americano Richard Remme foi levado ao hospital após levar um tiro na perna e alegou que o autor da agressão foi seu próprio cão.

Ele contou à polícia de Fort Edge, em Iowa, nos Estados Unidos, que estava brincando com Balew, uma mistura de labrador com pit bull, quando o animal pulou em seu colo e pisou na arma que ele trazia em um cinto.

“A arma tem dois botões de segurança e ele deve ter pisado nos dois porque ela disparou e acertou minha perna”, contou Richard ao jornal The Messenger.

Ele disse que o animal ficou muito arrependido com o que fez: “Ele é um grande covarde. O pobre coitado ficou deitado ao meu lado chorando, imaginando que estava em apuros porque tinha feito algo de errado”.

O dono de Balew não ficou com nenhum ferimento grave e saiu do hospital no mesmo dia.