O anjo protetor do dia é VEUAHIAH, que liberta os escravos, que inspira liberdade e a independência e que propaga a democracia. Influi sobre a paz e a prosperidade dos países e dos povos, conduz à glória militar, mas preside tudo o que se relaciona à guerra. O Gênio contrário provoca a discórdia, entre nobres, chefes e governantes. Dissemina o orgulho e a paixão e pode levar à revolução e à guerra.

 

Os nascidos a 17 de Fevereiro são do signo de Aquário com a personalidade de Capricórnio. São trabalhadores e esforçados e não medem sacrifícios para atingir suas metas e seus objetivos e projetos. Gostam de ser úteis e de ajudar aos que precisam. Estão sempre prontos a trabalhar pelas boas causas. Prestam favores e ajudas sem olhar a quem. Em geral são obedientes aos mais velhos e mais experientes e têm uma disposição dedicada aos idosos, sem questionar, seja na família ou fora dela. Podem servir como religiosos, médiuns espirituais, conselheiros, psicólogos, médicos, professores, instrutores, sociólogos, fisioterapeutas etc. Nasceram para amar, servir, para as obras de benemerência e sempre prontos a isso, quer seja na vida pessoal e familiar como ao próximo de um modo geral. Podem ser poetas ou escritores, filósofos, evangelizadores, freiras, sacerdotes e pastores, bem como servidores em outras religiões e credos. Em geral têm vida longa e produtiva. Gostam de viver em sítios ou chácaras.

 

Seu número principal, do dia do nascimento é o 28, formado de 2, Lua e de 8, Saturno. São dois símbolos ligados à vida reservada, de preferência no campo, lidando com plantas, flores e animais. Juntos formam o 10 e o 1, do Sol, que lhes dá liderança, poder nas mãos, autoridade e mando, mas que induz também à solidão.