Mais de 800 estudantes e professores do Paraná participaram terça-feira (26) da primeira web conferência desse ano, promovida pela Secretaria Estadual de Assuntos Estratégicos. Métodos para que os alunos e profissionais da educação possam potencializar seus estudos e, assim, se prepararem para o mercado de trabalho, foi o assunto apresentado pelo professor Luciano Steyer, especialista em educação para jovens.

Iniciadas em 2011, com o objetivo de ampliar e democratizar o acesso da população a novos conhecimentos, as web conferências são uma das plataformas dos Espaços Cidadão/telecentros – espaços instalados pelo Governo do Estado onde são ofertados cursos presenciais e a distância, além do acesso ao governo eletrônico e à todas as demais possibilidades de aprendizado e informação permitida pela internet. Hoje existem 270 instalados no Estado.

MERCADO DE TRABALHO – As web conferências são mais focadas no público formado por professores e alunos que estão saindo do ensino médio e se preparando para o mercado de trabalho. Segundo o secretário de Assuntos Estratégicos, Edson Casagrande, desde o lançamento, há dois anos, já foram ofertadas pelo menos 20 web conferências, a maioria com temas relacionados ao aperfeiçoamento do aprendizado visando o mercado de trabalho.

“É gratificante ver a crescente participação dos paranaenses nas web conferências”, afirma Casagrande. “Na conferência desta semana reunimos, através do chat, alunos, estagiários, professores de diversos municípios, como Abatia, Guarapuava, Laranjeiras, Guaratuba, Francisco Beltrão, Curitiba, Campo Largo, Foz do Iguaçu, Honório Serpa, entre outros”, informou ele.

DICAS IMPORTANTES – O professor Luciano Steyer passou para os participantes da web conferência algumas dicas simples e importantes. Por exemplo, assistir e não simplesmente ouvir as aulas, fazer anotações precisas e resumidas, adquirir o hábito da leitura, rever as matérias do dia, fazer exercícios para fixar os conteúdos e, no final, construir os tão sonhados esquemas de memorização com os principais pontos de cada matéria.

“A compreensão do conteúdo é o primeiro passo para a memorização”, diz o professor. “Ninguém consegue guardar na memória aquilo que não entendeu. Por isso é muito importante sanar todas as dúvidas com os professores”, explica. O hábito da leitura também ajuda muito. “É comprovado que os alunos que gostam de ler têm mais facilidade para memorizar os conteúdos das matérias.”

Segundo o palestrante não existe aprendizado sem organização. É necessário organizar o tempo, o espaço e o conteúdo dos estudos, seguindo o ritmo de cada um no que se refere a horários e locais de estudo. O professor lembra que para aqueles que trabalham durante o dia, a dica é acordar uma hora mais cedo ou reservar uma hora à noite para os estudos. Os horários da madrugada e a cama são próprios para dormir e descansar. “Oito horas de sono são primordiais para potencializar seu aprendizado”, enfatiza Steyer.

Os professores que assistiram à palestra via web aplaudiram a inciativa da Secretaria para Assuntos Estratégicos e disseram que irão repassar o conteúdo para todos os alunos de suas escolas. A professora Clarice, do Colégio Rocha Pombo, de Capanema, disse via chat, que essas dicas são muito importantes para os alunos.

Tereza Duarte, professora do Centro Estadual de Educação Profissional, de Curitiba, considera esse tema de extrema importância não só para os alunos como também para pais e professores. “Achei brilhante a iniciativa da Secretaria de Assuntos Estratégicos. Os alunos se sentiram estimulados, afirmou.Tereza diz que a interação do palestrante com os alunos foi essencial: “Os alunos ficaram cada vez mais interessados, parecia uma sala de aula, mas de maneira mais dinâmica”, diz ela. “Acho muito importante usar a internet para passar conhecimento para todo o Estado.”