Vários ouvintes usuários de Unidades de Saúde de Curitiba (US) reclamaram nesta sexta-feira (1°) à Banda B a falta de papel e tinta de impressora, causando, por exemplo, a não possibilidade de impressão de solicitações de exames. “O atendimento foi quase perfeito. Na hora de receber a solicitação de exame fiquei sabendo que eles não recebem papel já desde dezembro”, iniciou a ouvinte Nair Piaceske, usuária da US Nossa Senhora da Luz, no Bairro Novo A.

“Tudo está sendo feito por meio de ‘bilhetinho’. Fica difícil de fazer o acompanhamento porque não conseguem imprimir o local e a data dos exames. É preciso ir com papelzinho para anotar tudo. Não sei se a Prefeitura está tão mal assim de dinheiro que não consegue repassar este tipo de coisa”, complementou Nair.

Outras reclamações durante o Programa Luiz Carlos Martins na manhã de hoje vieram dos bairros São Braz, Cajuru e Fazendinha. “Aqui na US São Domingos, no Cajuru, também está sem papel. Assim fica complicado”, protestou.

Resposta

A assessoria de imprensa da Prefeitura informou que o não fornecimento do material é mais uma das dívidas deixadas pela gestão anterior com os fornecedores e a questão está sendo debatida pelo comitê de transparência da atual gestão. De acordo com a Prefeitura, para realizar a entrega de novos materiais estão sendo tomadas medidas em caráter emergencial, já que a questão está sendo tratada como prioritária.