Da Redação

A Volvo informou nesta segunda-feira (28) medidas para reduzir a produção, o que ira gerar férias coletivas ou folga aos funcionários da fábrica de Curitiba nas próximas semanas. Ainda não foi informado pela empresa o período da dispensa e o numero de funcionários afetados.

fabrica-volvo-curitiba-des

(Foto: Divulgação)

A empresa era a única entre as principais montadoras de caminhões do Brasil a não tomar medidas drásticas devido à crise no setor. Isso se deve a uma queda na produção de unidades no mercado de caminhões, pela falta de compradores.

Uma projeção inicial era de crescimento nas vendas, porém nas últimas semanas ficou evidenciada uma queda na produção. A crise no setor automotivo também afeta a produção de veículos leves e preocupa os economistas brasileiros.