Da Redação com SMCS

A Urbs está orientando os usuários de cartão transporte que recarregam os créditos por boleto bancário para prestarem atenção nos números que identificam a fatura emitida pela empresa. O alerta é consequência de um vírus que se aloja no computador e age diretamente na linha digitável do boleto, alterando o banco de dados. Várias instituições financeiras, como a rede bancária, o comércio e prestadores de serviço já relataram o problema. O vírus faz com que o depósito do usuário caia em outro destinatário que não é o cedente do boleto.

cartao-transporte-071013-bandab

(Foto: Divulgação – Urbs)

Por isso, é extremamente importante prestar atenção nos números impressos no boleto e que devem ser digitados no computador. Os quatro primeiros campos a serem digitados identificam o banco, o cedente e a conta destinatária.

Os boletos para pagamento do crédito transporte são do Banco do Brasil, mas podem ser pagos em qualquer banco no prazo do vencimento. Todos os boletos de crédito têm os seguintes números nos quatro primeiros campos: 00190.00009 02351.251000. Os campos seguintes, onde são digitados outros 26 números, são variáveis.

Se o boleto tiver sido impresso do computador, o risco existe tanto para quem paga pelo internet banking como para quem paga no caixa do banco.