A Polícia Federal em Cascavel/PR retirou do Show Rural, na tarde da última terça-feira (05) seis vigilantes clandestinos. Os vigilantes foram autuados por realizarem serviço de segurança privada sem as exigências legais. Uma algema foi apreendida. As irregularidades foram encontradas em estandes de três empresas, no interior do evento.

Além dos vigilantes, as três empresas que os contrataram também foram notificadas para encerrarem imediatamente o serviço ilegal de segurança privada. Em caso de reincidência, tanto os vigilantes quanto os responsáveis pelas empresas poderão ser presos por crime de desobediência.

No Brasil, a Polícia Federal é o órgão fiscalizador da atividade segurança privada. Para exercê-la dentro da lei, é obrigatório realizar curso de formação de vigilantes em empresa autorizada. O curso deve ser reciclado a cada dois anos. Além disso, não é permitida a contratação de seguranças autônomos. É preciso contratar uma empresa de segurança privada legalizada para realizar o serviço.

Neste ano, o serviço de segurança privada no Show Rural ficou a cargo das empresas que possuem estandes no evento. Segundo a Polícia Federal em Cascavel/PR, a fiscalização será realizada em todos os estandes e continuará sendo feita com rigor durante todo o evento, que termina na sexta-feira, dia 08.