Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil divulgou na tarde desta sexta-feira (10) a foto da estudante de Direito que é acusada pela Delegacia de Furtos e Roubos de Veículo de Curitiba (DFRV) de roubar o carro de uma concessionária durante um test drive na capital. A universitária de 27 anos se apresentou à especializada na tarde desta quinta-feira (9).

De acordo com as investigações, Fabiana Sporh Godkcomprou um veículo da marca Hyundai em uma concessionária do bairro Parolin e depois de dez dias se envolveu em um acidente. Depois, marcou um test drive e armada resolveu roubar um carro idêntico ao que havia batido para remontar o próprio veículo. Ela pediu para o funcionário sair e fugiu em disparada, sendo identificada depois de uma investigação policial.

O delegado Renato Bastos Figueroa, da DFRV, contou à Banda B que a suspeita negou o crime. “O carro foi encontrado no Pinheirinho e ela ao saber do inquérito policial se apresentou. A versão dela é que aconteceu um engano, que o rapaz do test drive fugiu e ela ficou com o veículo. Uma história sem pé nem cabeça. É um carro de certo valor e esta menina de classe média resolveu cometer este ato, sabe-se lá porque”, disse o delegado.

Agora, a estudante irá responder a assalto à mão armada. “Foi instaurado um inquérito policial e ela, por ter se apresentado espontaneamente, responde em liberdade. É uma menina que já conta com uma passagem anterior por porte ilegal de arma”, concluiu Bastos Figueroa.