O Vaticano divulgou hoje (7) a programação oficial do papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em julho, no Rio de Janeiro. O papa chega ao Rio no dia 22 de julho à tarde e fica na cidade até a noite do dia 28. A programação inclui vários momentos em que Francisco vai se deslocar no papamóvel, podendo assim ser visto pelos fiéis. Também foi confirmada a ida do papa a Aparecida, no interior de São Paulo, onde fica o Santuário Nacional em homenagem a Nossa Senhora.

Na chegada ao Rio, Francisco será recebido pela presidenta Dilma Rousseff, pelo arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta; pelo arcebispo de Aparecida e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Cardeal Raymundo Damasceno Assis; pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral e pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

Do aeroporto, o papa segue para o Palácio Guanabara, sede oficial do governo do estado, a bordo do papamóvel, onde haverá uma cerimônia de boas-vindas, com a presença de algumas centenas de convidados. Na ocasião o papa e Dilma devem discursar. Durante a permanência no Rio, Francisco ficará hospedado em Sumaré, próximo ao Alto Boa Vista. A programação do dia 23 é privada.

No dia 24, o papa segue de helicóptero para a cidade de Aparecida, onde será recebido pelo arcebispo Dom Raymundo Damasceno Assis e pelo reitor do Santuário, padre Domingos Sávio da Silva. Francisco almoça no Seminário Bom Jesus e retorna à tarde para o Rio de Janeiro. No final da tarde, já no Rio, Francisco visita o Hospital São Francisco de Assis, que tem 500 leitos e presta assistência gratuita a indigentes.

No dia 25, Francisco segue em direção ao Palácio da Cidade, onde recebe das mãos do prefeito Eduardo Paes, as chaves da cidade e vai abençoar as bandeiras oficiais dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos. Em seguida, visita a Comunidade da Varginha – Manguinhos, favela pacificada onde será recebido por padres e freiras. O papa vai abençoar o altar da paróquia do bairro e visitar a casa de uma família da comunidade. No período da tarde, Francisco vai para Copacabana, onde acontece a Festa da Acolhida aos jovens participantes da Jornada Mundial da Juventude. O papa vai fazer um discurso e abençoar os jovens.

Na sexta-feira, dia 26, Francisco vai para a Quinta da Boa Vista, onde ouvirá a confissão de cinco jovens, representando os continentes. Após as confissões, Francisco segue para o Palácio São Joaquim, residência do arcebispo do Rio de Janeiro. No local, vai conversar com cinco jovens detentos e, ao meio dia, fará a oração do Angelus, no balcão do palácio.

Em seguida, Francisco se reúne com 20 membros do comitê organizador da jornada e dez patrocinadores e almoça com 12 jovens de várias nacionalidades. No fim do dia, por volta das 17 h, o papa vai para a Praia de Copacabana onde acompanha a programação da Jornada Mundial.

No dia 27, Francisco celebra missa, às 9h, na Catedral da cidade. Às 11h30, no Teatro Municipal, o papa tem encontro com políticos e autoridades brasileiras. No começo da noite, Francisco participa da vigília de oração com os jovens da jornada, no Campus Fidei de Guaratiba. Os participantes da JMJ dormirão no local, esperando a missa do dia seguinte.

No domingo 28, Francisco sobrevoa, de helicóptero, o Cristo Redentor e segue para Guaratiba, onde celebra missa às 10 h. À tarde, segue para o Rio Centro, para uma reunião com 15 mil voluntários da jornada, onde também deve discursar. Às 18h30, Francisco participa de uma cerimônia de despedida no Aeroporto Galeão Antonio Carlos Jobim. Dilma estará presente na solenidade e se despede do pontífice nas escadas do avião. A partida para Roma está prevista para às 19h e a chegada à capital italiana às 11h30 do dia 29.