Vandalismo, confrontos e torcedores encaminhados para a delegacia. Este é o saldo do Atletiba deste domingo (24), que terminou com a vitória do Coritiba por 2 a 1, no Couto Pereira, pelo Campeonato Paranaense. Os confrontos entre torcedores aconteceram antes e depois da partida.

Um ônibus biarticulado da linha Santa Cândida – Capão Raso, com torcedores do Atlético, foi cercado por torcedores do Coritiba na Avenida João Gualberto por volta 19 horas. Começou então uma briga generalizada e o ônibus ficou bastante destruído, com quase todos os vidros quebrados. Cerca de 30 torcedores foram encaminhados para a Delegacia de Atendimento ao Futebol e Eventos, onde assinaram Termos Circunstanciado e liberados em seguida.

O caso mais violento aconteceu na Rua Conselheiro Laurindo, no Centro de Curitiba. Dois torcedores do Coritiba, de 17 e 18 anos, foram esfaqueados ao tentar impedir um assalto.

Antes da partida, em outros pontos da cidade, mais dois ônibus foram depredados por torcedores das duas equipes. Na Rua Getúlio Vargas, um ônibus com torcedores do Coritiba foi apedrejado por torcedores do Atlético.

A polícia ainda foi acionada por conta de vandalismo praticado por torcedores que embarcaram em um ônibus no Capão da Imbuia. Um ônibus da linha Fazenda Rio Grande/Curitiba também precisou de intervenção policial, por conta de excessos cometidos por torcedores que viajavam no veículo.

No terminal do Portão, outras três pessoas ficaram feridas em outro confronto de torcedores. Um veículo foi apedrejado e uma mulher ferida precisou de atendimento médico.

Um balanço das ocorrências deve ser divulgado pela polícia nesta segunda-feira.