De Clovis Augusto Melo, do site odiario.com

Todo brasileiro tem o direito constitucionalmente garantido de usufruir e dispor de um determinado bem de sua propriedade, e de reavê-lo de quem quer que injustamente o esteja possuindo. Com base nessa premissa, um rapaz de 26 anos chamou a polícia nesta segunda-feira (7) para denunciar o furto de seu baseado.

O caso aconteceu por volta do meio-dia em um posto de gasolina no Jardim Guararapes, em Maringá. O rapaz chegou no estabelecimento e solicitou que o frentista abastecesse o carro e calibrasse os pneus. Para esses procedimentos, o empregado do posto precisou entrar no veículo e manobrá-lo. Até aí, nada de inusitado ou que não ocorra milhares de vezes nos postos de combustível deste País.

Para ler a matéria, clique aqui