As vilas Zumbi dos Palmares e Liberdade, no município de Colombo, vão receber a primeira Unidade Paraná Seguro (UPS) da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Uma ação envolvendo 150 policiais foi iniciada na manhã desta terça-feira (07/05) promoveu o “congelamento” da área, onde vivem 12 mil pessoas.

O objetivo desta operação é realizar bloqueios policiais que possam resultar em prisões de infratores, apreensões de armas e drogas e também recolhimento de veículos irregulares. “A intenção é limpar e preparar a área para a instalação da Unidade Paraná Seguro, que trará maior segurança à população de bem da região”, afirmou o Coordenador Operacional da PM e comandante do 6° Comando Regional da PM (6º CRPM), coronel Péricles de Matos.

A instalação oficial da UPS nas vilas Zumbi e Liberdade será nesta quarta-feira (08/05), com a presença do governador Beto Richa. A base ficará na Rua Carteiro Luciano Ramos, 261, Vila Zumbi dos Palmares, e será comandada pela Aspirante Fernanda Pegorini e terá um efetivo de 25 policiais militares e três viaturas, que aplicarão a filosofia do policiamento comunitário.

As vilas foram escolhidas pelo elevado índice de criminalidade. Nos dois primeiros meses deste ano foram oito homicídios. Em março e abril, quando o policiamento começou a ser intensificado, não houve nenhum. “Esperamos que esta estabilidade se mantenha com a chegada da UPS”, analisa o comandante do 22° Batalhão da PM, coronel Celso Monteiro.

A UPS vilas Zumbi e Liberdade é a primeira da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Outras 10 estão instaladas em bairros da capital e duas no interior: Cascavel e Londrina.

EXPECTATIVA – Para o comerciante Antônio Renato Romanichen, instalado na Vila Zumbi dos Palmares, a presença da polícia amplia a sensação de segurança na região e vai inibir a criminalidade. “É uma mudança para melhor”, afirmou ao avaliar a chegada da UPS.

Carlos Alexandre Batista de Melo, que é vigia, foi abordado logo de manhã pela PM, mas não achou ruim. “Fui abordado e foi tranqüilo. A chegada da polícia é muito importante. É bom termos este apoio e estarmos perto da polícia”, finaliza.

A operação de saturação foi organizada pelo 22º Batalhão de Polícia Militar, responsável por Colombo e outros municípios da Região leste da RMC, e conta com o apoio do 1º Comando Regional da PM (1º CRPM), do 6° Comando Regional da PM (6º CRPM), do Regimento de Policia Montada (RPMon), do Batalhão de Policia Rodoviária (BPMRv), do 12° Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), do 13° Batalhão da Polícia Militar (13º BPM), do 17° Batalhão da PM (17º BPM), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), do 20° Batalhão da PM (20º BPM) e do Batalhão de Operações Especiais (BOPE).