Ouça o áudio

O universitário Guilherme Mattar talvez seja o único usuário de transporte coletivo que não pode reclamar do valor de R$ 2,85 cobrado pela Prefeitura de Curitiba a partir desta quinta-feira (14). Em um relato à Banda Bo jovem contou que ele e o cobrador ‘esqueceram’ da nova tarifa e por isto foi cobrado os antigos R$ 2,60. (Ouça o áudio no ícone acima)

Segundo o universitário, ele pegou um ônibus em um tubo na região central de Curitiba e o cobrador estava tirando um cochilo quando ele foi pagar a passagem. “O cobrador estava sonolento e eu achei que a nova tarifa ia valer a partir de amanhã. Acabou acontecendo isto por desconhecimento mesmo, porque eu de fato achava quer era R$ 2,60”, afirmou à Banda B.

Por fim, o universitário deu sua opinião sobre a nova tarifa de ônibus definida pela Prefeitura de Curitiba. “Para o pessoal que depende de usar o transporte coletivo isso vai trazer um aumento considerável. Acho que eles podiam colocar a tarifa domingo mais cara e diminuir a tarifa dos dias úteis”, concluiu.