Do Portal MSN

(Foto: Divulgação)

A empresa de transporte Uber está sendo processada na França em uma ação que pede 45 milhões de euros (140 milhões de reais) feita por um homem que alega que um bug do aplicativo contribuiu para seu divórcio. Segundo informações o jornal Le Figaro, trata-se de um empresário francês e a ação foi ingressada em Grasse, cidade localizada a 50 quilômetros de Nice, no sul do país.

O homem teria emprestado o iPhone da esposa para solicitar uma viagem através do serviço. Mas mesmo após ele desvincular a sua conta no aparelho, o smartphone continuou mostrando alertas de trajetos futuros. Assim, o empresário alega que a esposa começou a ter suspeitas sobre a sua fidelidade.

Leia a reportagem completa aqui.