Redação com TCE-PR

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE) vai auditar a planilha do transporte coletivo e as contas da Urbanização de Curitiba (Urbs). Em portaria publicada nesta quarta-feira (3), o órgão informou que será designada uma equipe técnica para realizar o trabalho, que deve ser iniciado ainda nesta semana.

No texto, a portaria informa que o objetivo da auditoria é “a avaliação da Rede Integrada de Transporte da Região Metropolitana de Curitiba quanto à planilha utilizada, em relação ao custo por quilômetro, método empregado, reajustes e subsídios, bem como quanto à administração dos recursos ingressos e aplicações”.

A equipe da auditoria, que deve ser encerrada até o mês de setembro, será coordenada pelo advogado Cláudio Henrique de Castro, diretor de Execuções do TCE, e integrada ainda pelos analistas de controle Antônio Tomasetto Junior, Ronald Nieweglowski e Vitor Hugo Steinke.

Preventivo

Segundo o coordenador da auditoria, o objetivo principal do trabalho é uma avaliação técnica da planilha e do custo da tarifa, a fim de subsidiar futuras decisões da Prefeitura de Curitiba e da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) em relação ao transporte público.

“Como um tribunal administrativo, cuja função principal é a prevenção de danos ao patrimônio público, o TCE quer concluir a auditoria de forma a oferecer opções aos gestores da Rede Integrada de Transportes, ao mesmo tempo em que vai apresentar os resultados à população, que é a principal interessada, na condição de usuária do sistema”, completa Castro.