Por Elizangela Jubanki e Juliano Cunha

Um jovem travesti de 19 anos de idade foi assassinado a tiros na madrugada deste sábado (13), no bairro Boqueirão, em Curitiba. Elias Otávio morava na região e estava andando pela rua Bom Jesus do Iguape esquina com a rua Professora Joanita Bernett  Passos quando foi alvejado por pelo menos dois tiros. Há suspeita de desacordo comercial. O atirador não foi encontrado.

O crime aconteceu por volta das 3 horas, quando o travesti, conhecido como Nathália Sotero, caminhava pelas ruas aguardando novos clientes para fazer programada.  Ele estava acompanhado de um transexual, que não foi encontrado depois dos tiros. De acordo com testemunhas, um carro passou em frente ao jovem e disse algo desconecto que envolvia a palavra ‘polícia’.

O delegado-geral da Delegacia de Homicídios (DH), Rubens Recalcatti, suspeita que o crime pode ter sido motivado por um desacerto comercial, já que antes ele teria feito um programa pela região.

Otávio veio de Santa Catarina há dois anos. Não há informação sobre a família do jovem. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.