Da Redação

Os funcionários do Paraná na Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) podem paralisar as atividades a partir do dia 17 de setembro. Assembleias que serão realizadas entre os dias 8 e 12 de setembro podem definir a aprovação do estado de greve, com a paralisação começando às 22h do dia 17.

O Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Estado do Paraná (Sintcom-PR) promoverá as assembleias em todo o estado. Segundo o Sintcom, “até agora, não houve nenhuma proposta realmente favorável aos trabalhadores. Nesta semana, a ECT propôs reajuste de míseros 6,5% nos benefícios e se recusou a negociar a Cláusula 11 – Correios Saúde, e disse que não vai voltar atrás no golpe da Postal Saúde”, diz a nota do sindicato.

Ainda de acordo com o Sintcom, o dia 14 de setembro é a data limite de negociação entre os trabalhadores e a ECT. Se não negociar, os trabalhadores dos Correios vão parar”, conclui o documento, postado no site oficial da entidade.

Outro lado

Os Correios e as representações sindicais informaram que estão se reunindo, em Brasília, três dias por semana para negociar o Acordo Coletivo de Trabalho 2014/2015. As reuniões de negociação tiveram início em 6 de agosto e os pontos do acordo ainda estão sendo debatidos. A cláusula sobre saúde foi o tema da reunião do dia 27 de agosto. Todos os detalhes sobre as reuniões de negociação podem ser conferidos no Blog dos Correios, na seção de Negociação Permanente.