Da Redação

Uma briga entre torcedores do Atlético Paranaense, que seriam de facções de Torcidas Organizadas opostas, deu trabalho para a Polícia Militar (PM) na reta do relógio, na Vila Capanema, em Curitiba, no intervalo do jogo deste domingo (6).

O Batalhão de Choque da PM precisou intervir na situação e por conta disto o jogo demorou mais para começar. Algumas pessoas foram detidas e parte do alambrado da Vila Capanema quase cedeu. Alguns torcedores do Furacão protestaram contra uma possível ação truculenta da PM que teria iniciado a confusão.

Durante o jogo

Durante o jogo, o atacante Bill recolheu um isqueiro que foi atirado no gramado pela torcida do Atlético depois que o Coritiba abriu o marcador no clássico da Vila Capanema. Se isto for relato na súmula o Furacão pode perder o mando de campo.