Dois homens suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em furto de veículos no bairro Água Verde, em Curitiba, foram presos na noite desta quarta-feira (1º). A prisão foi feita por policiais do 12º Batalhão da Polícia Militar (BPM) por volta das 19 horas depois de receberam uma denúncia anônima. Outros dois que faziam parte do grupo conseguiram fugir.

Um telefonema sem identificação levou os policiais até a rua Rio Grande do Sul, no bairro Água Verde, no momento em que quatro suspeitos tentavam arrombar um veículo Corsa. Assim que chegaram ao local, os suspeitos conseguiram fugir. Em patrulhamento pela região e com a informação que o grupo estava em um veículo Gol, os policiais conseguiram deter os suspeitos. Antes de serem presos, bateram o carro e, na confusão, dois deles conseguiram fugir. Outros dois foram presos.

O tenente Neves explicou que dentro do carro dos suspeitos foram encontrados vários equipamentos que seriam usados nos furtos, o que pode indicar que a quadrilha é especializada em furto na região. “Uma testemunha viu a tentativa de arrombamento e acionou a PM. No local, o veículo tinha mesmo sido arrombado e, então, fomos atrás deles. Durante a perseguição, eles bateram o Gol no meio fio e já ficaram impossibilitados de andar. Eles não são iniciantes porque pelos aparatos encontrados dentro do carro, mostra que o grupo era especializado em furtos de veículos. Mas, o que chama atenção é que eles não tinham passagens pela polícia.

Os detidos têm 30 e 32 anos e até o fechamento da reportagem os nomes não tinham sido informados oficialmente.