do Portal ARede, de Ponta Grossa

cirino

MANOEL CIRINO FOI MORTO EM TIBAGI/FOTO: DIVULGAÇÃO

A Polícia Militar prendeu nesta quarta-feira (10) o principal suspeito de matar o guia de turismo Manoel Cirino dos Santos no município de Tibagi, na região dos Campos Gerais. Por volta de 15 horas, uma denúncia informou os policiais que um homem estaria com um corte nas costas e seria o suspeito de matar Manoel Cirino. Os policiais se deslocaram até a residência na Avenida Fábio Fanucci, no Centro, e tentaram contato com o suspeito.

Ao visualizar a viatura, o rapaz se trancou dentro da residência. Os policiais arrombaram a porta e detiveram o suspeito, de 21 anos, que inicialmente negou a autoria do crime. Ao ser questionado sobre os cortes nas costas e no braço esquerdo, o rapaz não soube explicar como ocorreu. Os policiais localizaram um celular Samsung Gran Prime Duos e verificaram que o aparelho havia sido recentemente formatado.

Na casa do guia de turismo, os policias encontraram a nota fiscal da loja que vendeu o mesmo aparelho celular. O suspeito, ao notar que não conseguiria enganar a equipe policial, admitiu o crime. Ele relatou que matou a vítima com uma facada e, posteriormente, queimou o corpo. Ele posicionou um botijão de gás ao lado do corpo, com o intuito de queimar toda a residência, mas a explosão não ocorreu.

Ele confessou que utilizou o veículo da vítima para fugir e tentou colocar fogo no carro, mas não teve êxito. O suspeito do crime foi encaminhado para a Delegacia de Tibagi e junto com as demais provas.

As informações são do Portal ARede