Do MP-PR

A Promotoria de Justiça de Apucarana, no norte do Paraná, entrou nesta semana com denúncia contra uma mulher que tentou matar o próprio filho de quatro anos de idade. Segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR), a denunciada pretendia se vingar do pai da criança, supostamente porque o homem não dava a ela a atenção desejada.

De acordo com as investigações da Promotoria, a denunciada misturou veneno de rato (“chumbinho”) em uma bebida, deu-a para a criança e depois também tomou o líquido. Graças à intervenção de terceiros, que fizeram a criança vomitar, o menino sobreviveu, assim como a mãe, depois de passarem por tratamento médico.

O fato ocorreu em 17 de maio do ano passado, mas só agora o inquérito policial foi concluído. Pela gravidade do crime, o Ministério Público pediu a prisão preventiva da ré, contudo, a Justiça não atendeu ao pedido do MP-PR, que irá recorrer da decisão. Dando seguimento ao processo, a Justiça deverá decidir se a ré irá a julgamento pelo Tribunal do Júri.