Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

Quatro soldados da Polícia Militar (PM) da Unidade Paraná Seguro (UPS) viveram um momento inesquecível no bairro Parolin, em Curitiba, na madrugada desta sexta-feira (24). O que era para ser um patrulhamento de rotina virou uma missão para realizar o parto de um menino, que ocorreu com sucesso com a colaboração do quarteto.

parto1Registro de um dos momentos mais emocionantes na vida dos soldados e dos pais do bebê. (Foto: Evandro Zangiski/ Arquivo Pessoal)

Eles estavam nas ruas quando foram informados por populares que uma mulher havia entrado em trabalho de parto e que ela precisava de ajuda. “Quando nós chegamos lá, o menino já estava quase nascendo. Ligamos para um médico do Samu, que nos orientou durante todo o momento. Ele falava pelo telefone e nós fazíamos o que ele dizia. Graças a Deus, deu tudo certo. É estranho, porque nós estamos acostumados a lidar com situações ruins, mas dessa vez foi completamente diferente”, disse, emocionado, o soldado Guimarães, um dos participantes da ação, em entrevista à Banda B.

“Nós estávamos mais nervosos que a mãe e o pai do bebê. Mas, passado a euforia, veio a felicidade e a gratificação”, completou Kowalski, outro soldado da UPS. Assim que a criança nasceu, uma viatura do Samu chegou para prestar atendimento e terminar os procedimentos, como o corte do cordão umbilical. Em seguida, mãe e filho foram encaminhados para a Maternidade Vitor Ferreira do Amaral, no Água Verde.

“Foi Deus quem me deixou preparado para essa situação, só pode ter sido. Foi uma emoção muito grande, principalmente por se tratar de uma família carente. Logo depois, eu já liguei para a minha esposa dizendo ‘acabei de fazer um parto’. Eu jamais vou esquecer disso”, contou Zangiski, o terceiro soldado envolvido. Junto com ele, Kowalski, Guimarães e Costa definiram a última madrugada como uma das experiências mais importantes que já tiveram na vida.