Soldados no Museu do Louvre nesta sexta – Foto: TVi24

Um soldado atirou depois que um homem atacou ele com uma faca perto do Museu do Louvre, em Paris, levando toda a região a ser esvaziada, disse a assessoria de imprensa da polícia.

De acordo com o chefe de polícia de Paris, Michel Cadot, o homem estava carregado com sacolas quando tentou entrar dentro da loja do museu e foi barrado. Ele então atacou um dos soldados com uma faca, ferindo-o levemente, disse Cadot. Os soldados então dispararam cinco vezes, com uma bala acertando o abdômen do agressor, que está detido.

Segundo o chefe de polícia, antes de ser capturado, o agressor gritou “Allahu akhbar”, uma expressão em árabe que significa “Deus é grande”.

O policial Luc Poignant disse à BFM-TV que a área foi esvaziada por precaução. Milhares de soldados foram enviados para proteger possíveis alvos terroristas em torno da França desde que uma série de ataques terroristas nos últimos dois anos matou mais de 200 pessoas.

O museu está localizado no centro de Paris e é um dos maiores centros de atrações turísticas do mundo.