Por Felipe Ribeiro

A greve dos trabalhadores dos Correios chegou ao segundo dia nesta quinta-feira (19) e o que se pôde perceber na região do estado do Paraná foi um crescimento na adesão por parte da categoria. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios no Paraná (Sintcom), 70% dos trabalhadores estão parados nesta quinta e que os outros 30% entregam apenas o que é considerado essencial exigido por lei. Já a assessoria dos Correios garante que 90% dos funcionários trabalharam normalmente nos dois dias da paralisação.

grevecorreios

Foto: Divulgação

A categoria reivindica aumento real de 15%, novas contratações, manutenção e melhoria do seu atual plano de saúde, melhores condições de trabalho, redução da jornada dos atendentes comerciais das agências, entre outros. Mas, segundo o sindicato, até o momento a Empresa só apresentou uma proposta de reajuste salarial de 8% – apenas 0,87% acima da inflação – e nenhuma garantia com relação às outras pautas.

Segundo os Correios, a partir de agora não há mais negociações com a categoria, e o fim da greve depende de uma audiência no Tribunal Superior do Trabalho para o julgamento do dissídio.

Para amanhã está marcada uma assembleia geral da categoria e uma passeata da categoria pelas ruas do Centro de Curitiba que deve acontecer às 14 horas.

Notícia Relacionada:

Greve dos bancários fecha 80% das agências de Curitiba, diz Federação