Da Redação com assessoria

cachorraddentro(Foto: Divulgação)

O Sindicato dos Bancários de Curitiba e região realizou nesta quarta-feira (12) um ato em frente ao Centro Administrativo HSBC Palácio Avenida, no Centro, para informar a população sobre as mais de 200 demissões que o banco promoveu na capital paranaense nos últimos dias. Em alusão à “cachorrada” que o HSBC vem fazendo com seus funcionários – demitindo-os pouco antes do Natal –, foram distribuídos 100 cachorros-quentes para quem passava na Travessa Oliveira Belo.

“Nossa intenção é expor à sociedade o que o banco está fazendo e justificar os protestos e as paralisações que estão acontecendo desde o dia 06 de novembro. Quem passa aqui, no Palácio Avenida, e vê essa linda estrutura de Natal, que já está sendo montada, não sabe como são as coisas da porta para dentro do HSBC. Infelizmente, os funcionários são sobrecarregados de trabalho, sofrem uma pressão desumana para gerar resultados para o banco e, depois de tanto se dedicar, são demitidos sem justa causa”, resume Cristiane Zacarias, coordenadora nacional da COE/HSBC.

Paralisação – Nesta terça-feira (12), estão paralisadas todas as 29 agências bancárias do HSBC da capital paranaense, além dos Centros Administrativos HSBC Palácio Avenida, Kennedy, Xaxim e Vila Hauer. Estão funcionando apenas as agências da região metropolitana. No interior do Paraná, outras 22 agências estão fechadas.