Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

O anúncio oficial da criação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi realizada pelo secretário de segurança do Paraná Leon Grupenmacher na tarde desta quarta-feira (7). A reivindicação antiga da Polícia Civil substituiu a Delegacia de Homicídios de Curitiba e deve padronizar os trabalhos de investigação das demais especializadas nessa área do estado.

criacao-dhpp-070514-bandab

Anúncio oficial foi feito nesta quarta-feira. (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Segundo a delegada-chefe da DHPP, Maritza Haise, na prática, o trabalho da polícia será facilitado com a mudança. “Até agora, nós tínhamos apenas uma única delegacia para lidar com toda a capital. Agora, teremos quatro especializadas para regiões menores, o que trará mais velocidade no atendimento às ocorrências”, explicou ela em entrevista à Banda B.

As novas unidades vão integrar os distritos policiais já existentes. A 1ª Delegacia deve reunir o 1º, o 3º, o 5º e 12º distrito, por exemplo. A Delegacia de Vigilâncias e Capturas (DVC) e o Núcleo de Repressão aos Crimes Contra a Saúde (Nucrisa) devem integrar a DHPP, além de mais uma delegacia regional para crimes complexos.

A DPPH terá condições para atuar em qualquer cidade do Paraná e iniciar o processo de padronização da investigação.