Da Redação

Sem receber o salário referente ao mês de novembro e também os vales dos últimos dois meses, trabalhadores da Unidade de Valorização de Recicláveis (UVR) da Grande Curitiba temem passar o Natal ‘zerados’. Administrado pelo Instituto Pró-Cidadania, que é ligado à Prefeitura de Curitiba, a UVR chegou a dispensar esses mesmos trabalhadores por uma semana, por falta de energia elétrica.

Foto: Colaboração

De acordo com um funcionário que trabalha no local há seis anos e que preferiu não se identificar, será muito difícil passar o Natal sem dinheiro. “Até consegui emprestar R$ 150 da minha mãe aposentada, mas não posso ficar dependendo dela. Se eu não receber, não vou poder colocar carne na mesa de Natal, nem dar um presente para a minha filha”, disse.

Os vales deveriam ter sido depositados nos dias 15 de novembro e dezembro. Já o salário mensal em 30 de novembro. O 13° salário também sofreu atrasos.

Em nota, a prefeitura de Curitiba informou que o Instituto Pró-Cidadania de Curitiba (IPCC) pagou nessa segunda-feira (19) os salários dos 182 trabalhadores da Unidade de Valorização de Recicláveis (UVR), em Campo Magro. Foram quitados os salários de novembro e o vale-transporte e vale-alimentação. Nessa terça-feira ainda, segundo a administração municipal, será pago o 13º salário e até o fim da semana será pago o salário referente ao mês de dezembro. Com isso, a UVR reinicia os trabalhos nessa terça-feira (19).